Rei Pelé Corinthiano? Foi no Futebol de Mesa

Pelé sempre foi um dos principais carrascos do Corinthians. Estrela do Santos, ele ajudou a manter um tabu de 11 anos, que acabou só em 1968, com um gol do corintiano Paulo Borges. Na última terça-feira, em tom de brincadeira, ele lembrou dessa época de glória e negou que tenha raiva do clube do Parque São Jorge.

– As pessoas sempre falaram que eu tinha raiva do Corinthians, mas como eu posso ter raiva de um time que me deixou fazer tantos gols e só me deu alegria – brincou.

A presença do Corinthians na vida de Pelé começou já na infância. Fã de futebol de botão, ele defendia o Timão nas brincadeiras com o irmão Zoca.

– Quando eu era garoto, lá em Bauru, a minha tia Mariana, irmã do meu pai, levou um jogo de botões para o meu irmão Zoca. Tinham dois times: Palmeiras e Corinthians. E como meu irmão era palmeirense, eu tinha de jogar com o outro. Por isso, quando cheguei em Santos, falavam que eu era corintiano – completou o Rei.

No evento, Pelé recebeu a notícia de que uma empresa de telefonia celular vai investir R$ 800 mil na construção do seu museu, que será na cidade de Santos.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL1512840-9825,00.html