Tem coisas que só o homem entende

Tem coisa mais bacana do que fazer um gol em que a bola bate na trave antes de entrar?! Tá, vai… É claro que tem mil coisas mais bacanas. Mas lá, na hora do jogo, tem sensação melhor?! Talvez só perca para a euforia causada pós chapéu, rolinho ou toques de letra. Isso, de uma forma ou outra, demonstra um pouco do meu humilde futebolzinho. Ah se o Dunga me visse jogar antes dessa Copa. Aliás, bom que não veja, mesmo. Terei uns compromissos aqui em Londrina e não poderia viajar pra África.

Hoje choveu em Londrina e não fui jogar bola. Em contrapartida, fui jogar futebol de botão, uma prática que muito me anima. Pedi pro gol e a bolinha bateu na trave antes de entrar. Senti-me como um jogador quando faz esse tipo de jogada. Fui muito contido na comemoração. Com certeza meus olhos brilharam e eu pensei em gritar gol!, bem alto. Fui contido. Mas que a sensação foi boa… ah, isso foi!

Texto: Giovanni Nobile Dias

Imagem: retrato de Geraldo Cardoso Décourt, brasileiro que inventou o jogo de futebol de botão…

Fonte: http://presstensao.blogspot.com/2010/02/tem-coisas-que-so-homem-entende.html